Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2217
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRebelo, Margarida-
dc.date.accessioned2015-12-04T17:26:22Z-
dc.date.available2015-12-04T17:26:22Z-
dc.date.issued2001-
dc.identifier.isbn972-9179-33-2-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/2217-
dc.description.abstractOs mais recentes desenvolvimentos acerca dos movimentos migratórios entre os países da OCDE indicam a presença de duas principais tendências que tiveram a sua origem em 1993. Referimo-nos em particular à redução do volume de entradas de população estrangeira nos vários territórios e à redução da variedade de nacionalidades a fazerem-no. Ao mesmo tempo, assistimos à continuação de movimentos migratórios tradicionais e o carácter regional da imigração continua a ser relevante. Três características podem ser somadas às anteriores: a) a predominância de movimentos migratórios associados à reunificação familiar; b) o aumento dos movimentos migratórios baseados na mão-de-obra qualificada; c) o declínio dos pedidos de asilo (OCDE, 1998).por
dc.language.isoporpor
dc.publisherOBSERVARE. Universidade Autonoma de Lisboapor
dc.rightsopenAccesspor
dc.titleTendências migratórias nos países europeus da OCDEpor
dc.typearticlepor
degois.publication.titleJanus 2001: actualidade das migraçõespor
dc.peerreviewednopor
dc.relation.publisherversionhttp://janusonline.pt/2001/2001_3_1_4.htmlpor
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2001 - Actualidade das migrações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2001_3_1_4.doc426 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.