Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1447
Title: A rede MNE e a diplomacia económica portuguesa
Authors: Morais, Henrique
Issue Date: 2006
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Durante a maior parte do século XX, as nações continuaram a entender a rede de representações diplomáticas, em geral, e as suas embaixadas, em particular, como o instrumento privilegiado de projecção do poder político, de reforço da sua influência e do seu prestígio no mundo. Também por isso, aos embaixadores solicitava-se uma sólida formação política, bem como alguma habilidade e capacidade de negociação internacional. Naturalmente, a importância da sua acção era directamente proporcional à evolução dos focos de conflito internacionais ou, pelo menos, daqueles em que o respectivo país estivesse envolvido: quanto mais focos de tensão ocorressem, mais indispensável se considerava a acção da rede diplomática.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1447
ISBN: 989-619-020-8
Publisher version: http://janusonline.pt/2006/2006_3_2_6.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2006 - A nova diplomacia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2006_3_2_6.doc316 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.