Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4915
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLoi, Stefano-
dc.date.accessioned2021-04-07T16:37:26Z-
dc.date.available2021-04-07T16:37:26Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.issn2183-4814-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/4915-
dc.description.abstractDurante a sua intervenção no fórum da paz em Paris em Novembro de 2018, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que “Portugal entende que é importante um empenho crescente dos europeus em matéria de defesa e segurança, indissociável dos compromissos assumidos com os nossos aliados transatlânticos”. Porém, o Presidente especificou que “não se trata de um exército europeu, trata-se, sim, de um reforço do empenho, e um empenho que é complementar daquele que é traduzido pela Aliança Atlântica dos europeus no cenário europeu e nos cenários vizinhos1 ”. Esta declaração mostra muitos dos problemas que envolvem o tema da defesa europeia e da construção de conjunto de forças armadas da UE: trata-se das divergências entre os interesses geoestratégicos e as políticas de defesa nacional dos países membros da UE, da questão da soberania militar dos membros da UE, da criação de uma força armada ao mesmo tempo permanente e supranacional e da relação entre a UE, os EUA e, sobretudo, a NATO. Apesar destes problemas, recentemente o Presidente francês Emmanuel Macron e a Chancelera alemã Angela Merkel têm posto no centro do debate a possibilidade de avançar com o tal projeto, afirmando que um exército da UE continua a ter uma centralidade crucial na construção europeia. A ideia de um exército europeu, todavia, não é uma novidade no debate político no seio da UE, e muitos problemas ligados a este projeto ainda existem desde as suas primeiras formulações.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherOBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboapt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.subjectPolíticapt_PT
dc.subjectSegurançapt_PT
dc.subjectUnião Europeiapt_PT
dc.subjectPESCOpt_PT
dc.titleA defesa europeia em transição: é tempo para um exército da UE?pt_PT
dc.typearticlept_PT
degois.publication.locationLisboapt_PT
degois.publication.titleJanus 2020-2021 -As relações internacionais em contexto de pandemiapt_PT
dc.peerreviewedyespt_PT
dc.relation.publisherversionhttps://observare.autonoma.pt/anuario/-
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2020-2021 - As relações internacionais em contexto de pandemia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Janus_20_1_08_SL.pdf97,14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.