Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4853
Title: A Faixa e Rota e o caráter cíclico da história
Authors: Duarte, Paulo
Keywords: Política
Economia
Nova Rota da Seda
China
Paquistão
Issue Date: 2018
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Conhecida em português de Portugal por Faixa e Rota, a Nova Rota da Seda chinesa começou por se chamar One Belt One Road, para assumir posteriormente a designação de Belt and Road Initiative. Um plano multifacetado que a China concebe para combater os Three Evils (terrorismo, separatismo e extremismo) e desenvolver o landlocked Xinjiang, O Corredor Económico China-Paquistão (CECP) satisfaz simultaneamente dois grandes objetivos. Por um lado, visa ligar ininterruptamente o remoto Xinjiang ao oceano Índico, evitando Malaca (ou seja, o omnipresente receio de um bloqueio marítimo, do qual, contudo, a China nunca foi alvo até ao presente). As poupanças em termos de distância são consideráveis: o CECP tem um comprimento de cerca de 3 mil quilómetros, enquanto a rota convencional entre o Médio Oriente e os portos chineses tem um comprimento de cerca de 13 mil quilómetros. Por outro lado, o CECP vem estimular a criação de uma série de núcleos (como Kashgar e Gwadar), ao mesmo tempo que ambiciona promover laços mais robustos entre o Xinjiang e os países vizinhos, suscetíveis de sublimar tensões em benefício do comércio (Duarte, 2017a)
Peer Reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/11144/4853
ISSN: 2183-4814
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2018-2019 - A dimensão externa da segurança interna

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Janus19_1_24_Paulo Duarte_Faixa e Rota.pdf326,8 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.