Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4836
Title: Protecionismo e multilateralismo na era de Donald Trump
Authors: Pinto, Pedro
Keywords: Política
Estados Unidos da América
Donald Trump
Economia
Europa
Issue Date: 2018
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Um dos principais argumentos da campanha eleitoral de Donald Trump passou pela promessa de revitalizar a economia americana através de um protecionismo aos produtos criados e desenvolvidos no território nacional, prejudicados – de acordo com a narrativa republicana – por tarifas comerciais demasiado baixas que beneficiaram a entrada de produtos chineses e europeus em detrimento da produção nacional. Os destinatários privilegiados dessa retórica foram a China, mas também o México – parceiro americano do NAFTA – a par da própria Alemanha e, indiretamente, a União Europeia (UE). Uma argumentação que foi sendo materializada numa série de medidas destinadas a erigir barreiras à entrada de produtos externos na economia norte-americana e que culminou na declaração de Donald Trump, um dia antes de uma cimeira com Vladimir Putin, em Helsínquia, de que a União Europeia é um inimigo dos Estados Unidos! Mesmo se, menos de três semanas depois, Trump tenha desafiado o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Junker, para um livre comércio, ressuscitando o já morto e abandonado Transatlantic Trade and Investment Partnership.
Peer Reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/11144/4836
ISSN: 2183-4814
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2018-2019 - A dimensão externa da segurança interna

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Janus19_1_07_Pedro Pinto_Era Donald Trump .pdf202,95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.