Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4774
Title: P a e s a g g i a g r i c o l i r i t r o v a ti I Vivere insieme lo spazio urbano a partire dal cibo | Il caso di Lisbona
Authors: D e b b i o, F l o r a d e l
Advisor: Lobo, Inês
Carneiro, Marta Sequeira
Varela, Júlia Zurbach
Keywords: Cidade Agrícola
Produção Alimentar
Cadeia Alimentar Curta
Lisboa
Marvila
Città Agricola
Produzione Alimentare
Filiera Corta
Lisbona
Marvila
Issue Date: 12-Nov-2020
Abstract: A maneira como as cidades se abastecem e as preocupações ambientais relativas ao sistema alimentar do qual atualmente dependemos têm vindo a suscitar um particular interesse no âmbito da investigação no campo da arquitetura. Tomando como ponto de partida as questões alimentares e as relações que estas estabelecem com o espaço urbano, torna-se então possível repensar as cidades contemporâneas e recuperar o antigo vínculo - que se tem vindo a perder desde o advento da revolução industrial - entre o mundo urbano e o mundo agrícola. As particulares condições naturais da área de Lisboa favoreceram historicamente a prática agrícola no interior do seu território, demonstrando a pertinência de uma abordagem à cidade que tenha como tema central a agricultura. Através do recurso a fontes primárias - como documentos escritos e cartográfcos históricos, é conduzida uma análise com a intenção de traçar de forma pormenorizada a antiga ocupação agrícola do solo da capital. No contexto de Lisboa, a Freguesia de Marvila é identifcada como a área que atualmente apresenta as características naturais e históricas apropriadas para a proposta arquitetónica de um modelo urbano agrícola. A estreita relação que se estabelece com a comida, a partir da produção até a fase de consumo, permite defnir um modo de vida colectivo que disponibiliza novos espaços para a cidade e para os seus habitantes. A comida, em todas as fases do sistema alimentar, torna-se o elemento estruturante na defnição de uma cidade agrícola: o projeto arquitetónico e paisagístico proposto responde às necessidades programáticas e funcionais do modelo de cadeia curta, que pressupõe uma proximidade entre produtor e consumidor, ou seja, entre horta e habitação.
Negli ultimi anni, il modo in cui vengono nutrite le città e le preoccupazioni ambientali relative al sistema alimentare da cui attualmente dipendiamo hanno riscontrato un particolare interesse nella ricerca in campo architettonico. Prendendo come punto di partenza le questioni alimentari e le relazioni che esse instaurano con lo spazio urbano è possibile ripensare le città contemporanee e recuperare l’antico legame tra mondo urbano e mondo agricolo che è andato a perdersi dall’avvento della rivoluzione industriale. Le particolari caratteristiche naturali dell’area di Lisbona hanno storicamente favorito la pratica agricola sul territorio, dimostrando la pertinenza di un approccio alla città che abbia come tema centrale l’agricoltura. Attraverso il ricorso a fonti primarie - come documenti scritti e cartografci storici, viene condotta un’analisi che intende tracciare in modo dettagliato l’antica occupazione agricola sul suolo cittadino. All’interno del contesto di Lisbona, la Freguesia di Marvila viene individuata come l’area che attualmente presenta le caratteristiche naturali e storiche adatte alla proposta architettonica di un modello urbano agricolo. Lo stretto rapporto che si stabilisce con il cibo, dalla produzione alla fase di consumazione, permette di defnire un modo di vivere collettivo che mette a disposizione nuovi spazi per la città e per i suoi abitanti. Il cibo, in tutte le diverse fasi del sistema alimentare, diventa l’elemento strutturante nella defnizione di una città agricola: il progetto architettonico e paesaggistico proposto risponde alle necessità programmatiche e funzionali del modello della fliera corta, che presuppone una prossimità tra produttore e consumatore, quindi tra orto e abitazione.
URI: http://hdl.handle.net/11144/4774
Thesis Degree: Dissertação de Mestrado integrado em Arquitectura
Appears in Collections:DA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tesi completa_Flora Del Debbio.pdf648,96 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.