Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11144/4631
Título: Teatro como Palco de uma Sociedade e Transformador de Espaço Público. O Teatro Público do Século XVII.
Autor: Cabeças, Raquel Luz de Medina Garção
Orientador: Faria, Miguel Figueira de
Beuvink, Aline Gallasch-Hall de
Palavras-chave: Pátio de Comédias
esfera social
espaço público
arquitectura efémera
cidade de Lisboa
Data: 23-Jun-2020
Resumo: Apresenta-se uma contribuição para a leitura dos espaços públicos teatrais na Lisboa do século XVII. Estudam-se os Pátios de Comédias com particular relevo para o Pátio das Arcas, o primeiro teatro público permanente da cidade. Acompanhamos as transformações citadinas, fazendo confluir perspectivas arquitectónicas, sociais e económicas para se determinar uma evolução construtiva dos teatros na época. Centramo-nos em diferentes dualidades, seja na análise da oposição entre esferas pública e privada, efémero e permanente, intencional e ocasional, estruturas ao ar livre e cobertas, incorporação de classes sociais, entre outras. Sobre o Pátio das Arcas interessou-nos conhecer os fundadores e o rasto que deixaram no meio teatral de Lisboa. Sobre este pátio estabelecemos quatro distintas fases de construção, partilhando as nossas propostas de plantas arquitectónicas, divergentes das até agora apresentadas, num contributo para a história da cidade de Lisboa e do teatro em Portugal.
URI: http://hdl.handle.net/11144/4631
Grau: Doutoramento em História
Aparece nas colecções:DH - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Raquel Medina Cabeças.pdf20,53 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.