Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4501
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCaldeira, António Manuel-
dc.contributor.authorManuel, Tiago André Azinheira Santos-
dc.date.accessioned2020-03-09T10:26:07Z-
dc.date.available2020-03-09T10:26:07Z-
dc.date.issued2020-02-20-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/4501-
dc.description.abstractA água, sendo um recurso essencial à vida, mas escasso, torna-se num fator fulcral para o desenvolvimento socioeconómico de uma sociedade. Seja onde for, para uso doméstico, industrial ou agrícola, a população tem de ter sempre acesso ao recurso que é a água. Para tal, as entidades responsáveis pelo setor da água têm de garantir que a água chegue em qualidade e quantidade à população. Desta forma, para ser possível um controlo e mitigação das perdas de água é indispensável que haja um processo de monitorização de todo o sistema de abastecimento de água, desde o processo de captação, ao tratamento da água numa ETA (Estação de Tratamento de Água), à distribuição ao utilizador, permitindo assim uma ajuda na localização das situações que carecem de uma maior atenção, com o objetivo de corrigir essas lacunas. De realçar que o sucesso da monitorização se encontra dependente da fiabilidade dos dados medidos pelos equipamentos de medição, nomeadamente os caudalímetros e os medidores de nível. É aqui que entre a área de IoT(Internet of Things), com a possibilidade de identificar e analisar todos os dados em tempo real referentes aos sistemas de abastecimento e distribuição de água, principalmente neste último, onde o problema das perdas de água é maior. Analisando estes dados é possível visualizar graficamente o que acontece na rede, como por exemplo, a quantidade de água utlizada durante as 24 horas ou a pressão que num determinado setor da rede diminuiu drasticamente, sendo um indicador de perdas de água. Desta forma, com partes da rede sensorizadas torna-se possível identificar possíveis problemas de perdas de água, como uma fuga ou rotura, evitando assim ainda maiores perdas. Para tal, é necessário definir uma zona de monitorização e controlo (ZMC), que vai conter todos os componentes necessários para o bom funcionamento e monitorização da rede, desde reservatório e bomba, se necessário, aos nós da rede e tubagens.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.subjectabastecimento de águapt_PT
dc.subjectIoTpt_PT
dc.subjectperdaspt_PT
dc.subjectrede de recolha de informaçãopt_PT
dc.subjectsensorizaçãopt_PT
dc.titleImplementação de uma rede IoT, para recolha e monitorização de dados, com vista a otimizar as perdas de águapt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.nameDissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Telecomunicaçõespt_PT
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Engenharia e Tecnologiapt_PT
dc.identifier.tid202450708pt_PT
Appears in Collections:DCT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório de Projeto Final__.pdf2,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.