Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/3308
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGomes, Filipa-
dc.date.accessioned2017-11-13T15:07:34Z-
dc.date.available2017-11-13T15:07:34Z-
dc.date.issued2011-11-17-
dc.identifier.issn978-989-8191-53-3-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/3308-
dc.description.abstractÉ bem conhecida a “crise ambiental” que hoje se vive e a luta constante da comunidade internacional em desenvolver os padrões ambientais existentes de forma a alcançar o épico “desenvolvimento sustentável”. Necessita-se assim de uma acção prática urgente e dominante, a qual só é possível se derivada de uma governação internacional estruturada, coerente e efectiva. Para tal contribui grandemente a optimização do Multilateralismo Ambiental, i.e., da junção do que se considera ser os “motores” das Relações Internacionais do Ambiente: o Direito, a Política e a Diplomacia internacionais ambientais. O entendimento das suas noções, conceitos e sistemas mais básicos, como p. ex. os seus Actores, a negociação e implementação dos Multilateral Environmental Agreements (MEA) e a execução dos respectivos Regimes, bem como a sua evolução no contexto da Organização das Nações Unidas e da União Europeia, são atributos essenciais para que, entendendo-o melhor, se consiga melhorá-lo e optimizá-lo. A Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente e Desenvolvimento (Rio de Janeiro, 1992) e as “suas” Convenções são exemplos importantes da história do Multilateralismo Ambiental, mantendo no entanto um carácter bastante actual, não só pela aproximação do 20º aniversário da “Conferência do Rio”, como também pela continuidade e importância que as “Convenções do Rio” e as suas Conferências das Partes (COP) preservam. A Comunicação que se propõe pretende uma abordagem a este campo de estudo transversal às Relações Internacionais e ao Ambiente, nomeadamente através da relação entre a componente teórica do Multilateralismo Ambiental e dos elementos práticos que o compreendem.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherOBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboapor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectRelações Internacionaispor
dc.subjectAmbientepor
dc.subjectMultilateralismo Ambientalpor
dc.subjectConvenções do Riopor
dc.subjectConferências das Partespor
dc.titleAs relações internacionais do Ambiente: exemplos práticos do Multilateralismo ambientalpor
dc.typearticlepor
degois.publication.locationLisboapor
degois.publication.titleOBSERVARE 1st International Conference - International trends and Portugal's positionpor
dc.peerreviewedyespor
dc.relation.publisherversionhttp://observare.autonoma.pt/conference/images/stories/conference%20images%20pdf/S2/Filipa_Gomes.pdfpor
Appears in Collections:I CONGRESSO INTERNACIONAL DO OBSERVARE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Filipa_Gomes.pdf652,2 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.