Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1679
Title: A invenção da Europa como continente (II)
Authors: Ferrão, João
Issue Date: 2005
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: A fragmentação política resultante da formação dos Estados modernos, o início das Descobertas e consequente competição entre os vários países envolvidos, e a reforma protestante (1517), que dividiu o mundo católico em duas grandes subfamílias, funcionaram como forças centrífugas em relação a qualquer visão unificadora de Europa, nomeadamente as que se baseavam na identificação entre Europa e cristianismo. Ao mesmo tempo, o cristianismo como território e povo cristão (Levy, 1997:57) deixa de se confundir com a Europa, ganhando uma expressão universal. O período moderno assiste, ainda assim, à afirmação de factores de unidade europeia, uns da natureza tradicional, em declínio relativo, outros de carácter inovador, em ascensão.
Peer Reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1679
ISBN: 972-8892-28-4
Publisher Version: http://janusonline.pt/2005/2005_3_2.html
Appears in Collections:BUAL - Artigos/Papers
OBSERVARE - JANUS 2005 - A guerra e a paz nos nossos dias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2005_3_2.doc358 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.