Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/950
Title: A assimetria demográfica mundial
Authors: Machado, Paulo
Issue Date: 2012
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: NA HISTÓRIA DO PENSAMENTO DEMOGRÁ- FICO, as teses populacionistas, favoráveis ao crescimento da população, fi zeram prevalecer a sua importância, entre outros factores, pela relação estabelecida entre esse crescimento e o poder político, económico e militar das na- ções. O populacionismo poderia sintetizar-se pela ideia de Montchrestien (1615), segundo a qual a maior das riquezas que qualquer país poderia possuir seria a «a inesgotável abundância dos seus homens», fonte indicativa do poder e infl uência do soberano.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/950
ISBN: 978-989-619-221-1
Publisher version: http://janusonline.pt/popups2011_2012/2011_2012_3_3_7.pdf
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2011-2012 - Portugal num mundo em mudança
BUAL - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paulo Machado.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.