Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/835
Title: União Europeia elege Erasmus para combater desemprego
Authors: Viana, Clara
Issue Date: 2011
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Nas duas últimas décadas, mais de dois milhões de alunos europeus do ensino superior, entre os quais 50 mil portugueses, estudaram noutro país da Europa ao abrigo do programa Erasmus, lançado em 1987. O marco dos dois milhões foi atingido em 2009, mas no conjunto todos estes jovens não representam mais de quatro por cento dos estudantes europeus. Por ano, esta percentagem não foi além dos 0,9. O objectivo fi xado pela Comissão Europeia é o de se atingir três milhões de estudantes Erasmus em 2012. Para ser alcançado, o total de alunos em mobilidade por ano terá mais do que duplicar o número recorde alcançado em 2008/2009, quando 198.568 jovens benefi ciaram do programa. Nada garante que esta seja uma meta exequível, até porque os últimos dados divulgados dão conta de uma tendência de estagnação ou mesmo de declí- nio na Alemanha, Polónia e Reino Unido, que estão entre os seis principais países no envio de estudantes para o estrangeiro
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/835
ISBN: 978-989-619-221-1
Publisher version: http://janusonline.pt/popups2011_2012/2011_2012_1_20.pdf
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2011-2012 - Portugal num mundo em mudança
BUAL - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
União europeia.pdf475.74 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.