Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/749
Title: Abrigo para pessoas e barcos sem portas janelas nem tecto. Condicionantes
Authors: Santos, Sofia Morgado de Sousa
Orientador: Mateus, Francisco Aires
Moreno, Joaquim
Mateus, Manuel Aires
Keywords: condicionantes
pânico
processo criativo
ausência
Issue Date: 3-Feb-2015
Abstract: Criar algo através de condicionantes. Usar a condicionante como possibilidade. Reconhecendo a condicionante como uma limitação é possível afirmar que quantas mais forem impostas mais o indivíduo tem capacidade de se libertar. A condicionante é o motor e é capaz de nos levantar um problema. As condicionantes são contraditórias e auto-impostas. Só se tornam possibilidades quando as confrontamos. Consequentemente não é possível falar delas, enunciá-las, sem as aplicar. É fundamental que o processo das condicionantes seja performativo. Só assim geram o pânico e alimentam a crise individual. Só assim existe descoberta e transformação. Só assim se inventam problemas. Usa-se. Faz-se. Construir um abrigo para pessoas e barcos na Ilha da Berlenga. Um abrigo necessário onde não existe nenhum. Um abrigo produzido pela ausência. Ausência de elementos que de certa forma são essenciais. Um abrigo sem portas, janelas e tecto. Um abrigo com um muro. Um muro encaixado na escarpa da Ilha da Berlenga. A lógica interna passa por produzir a ausência de alguma coisa. É necessário proteger o individuo do mar e do vento, num local tão inóspito como este, portanto ergue-se um muro. Posteriormente, quando subtraídos ao muro os espaços necessários, surge a ausência de uma série de elementos.
URI: http://hdl.handle.net/11144/749
Appears in Collections:DA - Dissertações de Mestrado
BUAL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
abrigo para pessoas e barcos sem janelas portas nem tecto_sss.pdf42.48 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.