Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/741
Title: Gestão de tecnologias informáticas em ambiente de mudança organizacional: o caso do Hospital Egas Moniz
Authors: Costa, Luís Manuel Pereira da
Orientador: Carneiro, Alberto
Keywords: Tecnologias da Informação
Infraestruturas Tecnológicas
Suporte Técnico
Melhores Práticas
Issue Date: 6-Feb-2015
Abstract: Este relatório mostra a estreita relação entre as tecnologias informáticas, a consolidação de conhecimentos e a sua aplicação à formulação de soluções informáticas e a exploração de sistemas de informação. O objectivo é explorar tecnicamente o tema da Gestão das Tecnologias Informáticas, as exigências de integração e de acompanhamento da evolução tecnológica e mostrar a sua aplicação profissional a um hospital em regime de mudança. No domínio das Tecnologias Informáticas, a prática diária exige decisões que conduzam à construção de pequenas soluções para dificuldades que a Informação enfrenta nos seus fluxos organizacionais e nas formas que tem de apresentar para fundamentar a racionalidade dos processos de decisão. Contribuindo para que as organizações alarguem o seu alcance, ofereçam novos produtos e serviços e aumentem os seus níveis de competitividade, os SI e as suas tecnologias de suporte necessitam de uma utilização eficaz com base em modelos configurados numa linha de adaptação à natureza de cada organização. As áreas funcionais das organizações podem utilizar uma quantidade e uma variedade grande de recursos de TI. Diante dessa variedade e diversidade é muitas vezes difícil conduzir eficazmente a gestão dessas TI sem utilizar métodos e modelos de gestão que possibilitem a adaptação às realidades organizacionais no sentido de abranger as necessidades operacionais e estratégicas e de aproveitar todos os recursos de TI. As tecnologias de informação e comunicação têm um impacto significativo em todos os níveis do mundo socioeconómico, em particular no que se refere ao dos cuidados de saúde. A modernização dos organismos que integram o sistema de saúde tem de incluir a utilização intensiva de TI enquanto investimento estratégico, a fim de possibilitar a racionalização dos recursos informacionais disponíveis e de incrementar a eficiência dos serviços e a qualidade da prestação de cuidados de saúde. Tendo as tecnologias informáticas como suporte, os SI têm de oferecer respostas adequadas às necessidades de informação dos diferentes serviços e também possibilitar a partilha de informação entre estes, de modo a garantir a integração. Apesar de o domínio da saúde ser uma das áreas onde existe intensa inovação, a utilização estruturante e integrada dos SI manifesta ainda a necessidade de maiores atenções. A gestão integrada de SI em ambiente hospitalar já foi e continua a ser uma área de risco e de desafio, devido por um lado à necessidade de criar infraestruturas de suporte às aplicações a implementar, e por outro, pela definição dos modos e dos suportes tecnológicos com que estas têm de ser adaptadas aos processos dos diversos serviços organizacionais. O caso do Hospital Egas Moniz mostra um dado momento da evolução da informatização do sistema de saúde e as dificuldades que um diretor de informática teve de enfrentar para procurar melhorar a gestão da informação hospitalar e a utilização das tecnologias informáticas que a suportam.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/741
Appears in Collections:BUAL - Relatórios de Actividade Profissional
DCT - Relatórios de Actividade Profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LMPC_RAP_Mestrado_2014_FINAL.pdf612.03 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.