Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11144/4402
Título: The Context of Conflict Resolution - International Relations and the Study of Peace and Conflict
Autor: Sousa, Ricardo Real P.
Palavras-chave: Relações Internacionais
Estudos da Paz e do Conflito
Resolução de Conflitos
Grandes Debates
International Relations
Peace and Conflict Studies
Conflict Resolution
Great Debates
Data: Ago-2018
Editora: CEsA, CSG
Citação: Sousa, Ricardo Real P. (2018) The Context of Conflict Resolution - International Relations and the Study of Peace and Conflict. Working Paper CEsA CSG 164/2018 (pp. 1-58)
Resumo: Este artigo faz uma breve revisão de quase um século de pensamento académico em Relações Internacionais (RI) relativamente à Paz e Conflito e suas ligações às abordagens de Resolução de Conflitos. O quadro de análise é baseado na definição de ciência, o que se estuda e como se estuda, que delimita a análise pelos quatro debates em RI: desde 1919 até à década de 1940, o debate entre o idealismo e o realismo; na década de 1950 e 1960, o debate entre o tradicionalismo e o behaviorismo; na década de 1970 e 1980, o debate inter-paradigmático, e; desde a década de 1990, o debate entre racionalistas e reflexivistas. O artigo identifica como a concepção clássica de segurança focada no estado, no sector militar e nas ameaças externas é ampliado para incluir outros actores (indivíduos, grupos, sociedades, civilizações), outros sectores (económico, político, social, ambiental) e ameaças internas. Simultaneamente, identifica os desafios epistemológicos e por vezes ontológicos ao positivismo e racionalismo característico das teorias (Neo) Realistas, (Neo) Liberais e Marxistas, protagonizado por um conjunto de teorias ou abordagens pós-positivistas e reflexivas, como é o caso da Segurança Humana, do Feminismo, do Pós-estruturalismo, do Construtivismo, do Póscolonialismo, dos Estudos Críticos ou da Escola de Copenhaga. O surgimento e desenvolvimento de todas estas teorias e abordagens é contextualizado historicamente juntamente com os desenvolvimentos ocorridos nas abordagens de Resolução de Conflitos.
This paper provides a brief review of almost one century of academic research within the discipline of International Relations with a focus on the thinking about Peace and Conflict and its links to approaches in Conflict Resolution. The framework of analysis is based on the definition of science, what is studied and how it is studied, which delimits the analysis into the four debates in IR: between 1919 and the 1940s, the idealist versus realist debate; in the 1950s and 1960s, the traditionalist versus behaviourist debate; in the 1970s and 1980s, the inter-paradigm debate, and, since the 1990s, the rationalist versus reflectivist debate. This paper identifies how the classical conception of security centred on the state, the military and external threats was broadened by different approaches to include other actors (individuals, groups, societies, civilizations), other sectors (economic, political, social, environmental) and internal threats. In tandem, it maps the epistemological and sometimes ontological challenges to positivism and rationalism found in (Neo) Realism, (Neo) Liberalism and Marxism, by a set of post-positivist and reflective theories or approaches, such as the cases of Human Security, Feminism, Post-structuralism, Constructivism, Post-Colonialism, Critical Studies, and the Copenhagen School. The emergence and development of all these theories and approaches are historically contextualized alongside developments of Conflict Resolution approaches.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/4402
Versão do Editor: http://pascal.iseg.utl.pt/~cesa/index.php/menupublicacoes/working-papers
Aparece nas colecções:OBSERVARE - Artigos/Papers
DRI - Livros e Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sousa Conflict Resolution Peace and Conflict RI wp164 2018.pdf945.97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.