Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4381
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBalbino, Isabel-
dc.contributor.authorGalinha, Iolanda-
dc.contributor.authorMorais, Camila-
dc.contributor.authorCalado, Sara-
dc.date.accessioned2019-11-07T12:41:36Z-
dc.date.available2019-11-07T12:41:36Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.issn2182-8407-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/4381-
dc.description.abstractO estudo pretendeu contribuir para a validação da versão portuguesa da Escala de Autenticidade (Wood, Linley, Maltby, Baliousis, & Joseph, 2008). Segundo a literatura, não existiam ainda medidas de Autenticidade validadas para o português, embora a Escala de Autenticidade já esteja validada em países como Turquia, Itália, Holanda, Canadá, Suécia e Sérvia. Neste sentido, recolheu-se uma amostra de 374 participantes, de várias regiões de Portugal, 69% mulheres e 31% homens, com idades entre os 18 e os 85 anos. O estudo foi transversal e a amostra não probabilística. Procedeu-se ao método clássico de tradução e retroversão da escala original de 12 itens, com três dimensões de quatro itens cada. O contributo para a adaptação da versão portuguesa da Escala de Autenticidade seguiu quatro passos: a) análise fatorial exploratória da estrutura dimensional da Escala, com os pesos fatoriais dos itens a ponderar acima de 0,40 no fator principal e abaixo de 0,20 nos fatores secundários; b) análise da consistência interna global e das três dimensões da Escala, com alfas de Cronbach entre 0,70 e 0,80; c) análise correlacional entre as três dimensões da Escala de Autenticidade, com correlações entre -0,27 e 0,80; e d) análise fatorial confirmatória através de modelos de equações estruturais, com um ajustamento de χ251 = 94,81; p < 0,001; CFI=0,97; RMSEA=0,05; SRMR=0,04. Os resultados indicaram qualidades psicométricas excelentes de validade e fidelidade da versão portuguesa da Escala de Autenticidade, semelhantes à versão original e aos estudos de validação internacionais, garantindo um instrumento robusto para a medição da Autenticidade.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherSociedade Portuguesa de Psicologia da Saúdepor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectescala de autenticidadepor
dc.subjectvalidação portuguesapor
dc.subjectpsicométricopor
dc.subjectvalidadepor
dc.subjectfidelidadepor
dc.titleContributo para a validação da versão portuguesa da Escala de Autenticidadepor
dc.typearticlepor
degois.publication.firstPage564por
degois.publication.lastPage577por
degois.publication.titlePsicologia, Saúde e Doençaspor
degois.publication.volume19(3)por
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.15309/18psd190308por
Appears in Collections:CIP - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Escala de Autenticidade.pdf749.43 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.