Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4283
Title: O direito ao esquecimento e a possibilidade de acesso aos registros criminais do candidato ao emprego. Cotejo do ordenamento jurídico português e brasileiro
Authors: Chaves , Luciana Dória de Medeiros
Orientador: Barbas, Stela
Keywords: Direito ao esquecimento
Certidão de registros criminais
Contrato de emprego
Direito à informação
Issue Date: 17-Jul-2019
Abstract: O presente trabalho tem por objetivo analisar o instituto do direito ao esquecimento, caracterizado pela necessidade do ex-detento de ter esquecido seu passado criminal, e a possibilidade de aplicação desse direito quanto à exigência de certidão de registros criminais do candidato ao emprego. Embora não expressamente previsto nas Constituições do Brasil e de Portugal, o direito ao esquecimento é um direitofundamental autônomo com amparo na dignidade da pessoa humana, livre desenvolvimento da personalidade e reinserção social e visa resguardar faceta do direito à vida privada. Sua possibilidade de choque com o direito fundamental à informação do empregador é caracterizada pela condição de cidadãotrabalhador que possui o candidato ao emprego e suanecessidade de se reinserir no mercado de trabalho. Com base nesse pressuposto, fez-se um estudo doutrinário sobre as formas de solucionar o conflito de interesses, bem como da legislação luso-brasileira sobre opções operadas pelo legislador como restrições dos direitos do esquecimento do empregado e de informação do empregador.
URI: http://hdl.handle.net/11144/4283
Appears in Collections:DDIR - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Direito ao esquecimento e registros criminais - contrato de emprego.pdf967.95 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.