Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4170
Title: Em que medida a proximidade linguística influencia as exportações portuguesas? Um estudo aplicado à União Europeia e ao Mercosul.
Authors: Ribeiro, Sandra
Ferro, Maria João
Keywords: Comércio Internacional
Barreiras linguísticas
Multilinguismo
Lingua franca
Economia da língua.
Issue Date: 2017
Publisher: Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX; Centro de Informação Europe Direct de Aveiro; Imprensa da Universidade de Coimbra
Citation: Ribeiro, S. & Ferro, M. J. (2017). Em que medida a proximidade linguística influencia as exportações portuguesas? Um estudo aplicado à União Europeia e ao Mercosul. Debater a Europa, 16, 189-208. ISSN: 1647-6336.
Abstract: A intensa integração económica mundial das últimas décadas veio aumentar as trocas comerciais entre os diversos países. No entanto, ainda existem barreiras que dificultam a realização das trocas comerciais. Vários estudos confirmaram já que a variável língua influencia a escolha de parceiros internacionais, uma vez que pode aumentar ou diminuir os custos da transação. Examinamos a relação entre as exportações portuguesas e a língua dominante no país de destino, analisando também a influência da pertença à UE ou ao Mercosul. Concluímos que a proximidade linguística desempenha um papel importante na escolha de parceiros comerciais estrangeiros, tal como o facto de pertencer à UE.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/11144/4170
metadata.dc.identifier.doi: DOI:https://doi.org/10.14195/1647-6336_16
ISSN: 1647-6336
Publisher version: URI:http://hdl.handle.net/10316.2/41326
Appears in Collections:OBSERVARE - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Debater Europa 16.pdf58.86 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.