Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/417
Title: O balanced scorecard e a sua aplicação às PME num contexto de crise económica. A Design Box, Lda., como estudo de caso
Authors: Carvalho, Paula Alexandra Alves Barreiros
Orientador: Quirós, Joaquín Teixeira
Justino, Maria Rosário
Keywords: Globalização
crise internacional
avaliação de desempenho
gestão estratégica
Balanced Scorecard nas PME
Issue Date: 29-May-2014
Abstract: De entre os fenómenos mais marcantes da sociedade contemporânea, pode-se dizer que a globalização foi um dos mais relevantes. Se por um lado este fenómeno aproximou os povos de todo o mundo, teve por outro, enormes consequências na economia global, que levou as organizações a necessitarem de uma maior preparação ao nível da sua gestão estratégica, para fazerem frente ao aumento da competitividade dos mercados. Contudo, as organizações depararam-se ainda com outros desafios, designadamente, o surgimento de uma crise económica internacional, a adoção, na Europa, de uma moeda demasiado forte (euro), para o nível de produtividade de alguns países e, mais recentemente a situação de diversos países europeus terem de pedir ajuda financeira. Para serem bem-sucedidas, as organizações necessitam de definir um rumo orientador das suas atividades e ainda avaliar essas linhas orientadoras, no sentido de tomarem as medidas corretivas necessárias. Para o conseguirem não basta avaliar o seu desempenho financeiro, na medida em que são os fatores intangíveis, no contexto atual, que garantem a sustentabilidade da capacidade competitiva das organizações e que dão aos gestores, sistemas de informação integrados de gestão estratégica e não apenas ferramentas que permitem avaliar o passado. Seguindo esta linha de necessidade de avaliação do desempenho e implementação de uma gestão estratégica de longo prazo, surge a utilização do Balanced Scorecard (BSC) como ferramenta de gestão que procura dar uma visão global e integrada do desempenho organizacional de acordo com a perspetiva financeira, mas que inclui novas perspetivas não financeiras, relacionadas com fatores intangíveis considerados fundamentais. Após revisão da literatura, verifica-se um grande enfoque da aplicação do BSC a grandes organizações. Tendo as PME enorme predominância no tecido empresarial, objetiva-se analisar o como e o porquê de uma PME utilizar o BSC, e assim tentar demonstrar como esta ferramenta é importante para a avaliação do seu desempenho e consequente implementação de estratégias empresariais.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/417
Appears in Collections:DCEET - Dissertações de Mestrado
BUAL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DissertacaoMestradoImpressa.pdf1.93 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.