Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/4112
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantos, Denise Capela dos-
dc.date.accessioned2019-03-11T09:46:40Z-
dc.date.available2019-03-11T09:46:40Z-
dc.date.issued2016-11-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/4112-
dc.description.abstractO aumento progressivo da esperança média de vida à nascença em Portugal tem sido um dos maiores desafios da saúde pública. Este prolongamento da vida deveu-se particularmente à melhoria da qualidade dos cuidados de saúde prestados no território e ao maior acesso ao Serviço Nacional de Saúde. Porém, acarreta um novo desafio: como aumentar o número de anos livres de doença? Para dar resposta a esta questão, salvaguardando o interesse do idoso, é necessário promover o envelhecimento ativo e mostrar às pessoas que o seu valor não acaba quando se encontram numa idade próxima da reforma.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPolíticas de Saúdepor
dc.subjectEnvelhecimento Ativopor
dc.titleA política de envelhecimento ativo em Portugalpor
dc.typeannotationpor
dc.peerreviewednopor
Appears in Collections:DCEE - Publicações Pedagógicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Santos, 2016, Envelhecimento ativo.pdf300.89 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.