Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/399
Title: Relatório de Estágio realizado no Serviço de Neurocirurgia do Hospital de São José
Authors: Morais, Nuno José de Almeida
Orientador: Paz, José
Keywords: Luto
Perdas
Psicologia no Hospital
Issue Date: 9-Apr-2014
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo descrever experiências vivenciadas aquando da realização do nosso estágio em Psicologia Clínica e Aconselhamento, incluindo alguns estudos mais aprofundados sobre situações de perda/luto. Gostaríamos de salientar que partimos sempre da história pessoal da pessoa, tomando em consideração as emoções específicas desencadeadas pela idiossincrasia de cada um. Este relatório divide-se em três partes, a primeira serviu para contextualizar o estágio. Na segunda, o enquadramento teórico e revisão da literatura. Em terceira lugar expusemos a parte prática onde, para além das atividades levadas a cabo, estão explanados dois casos com a descrição dos objetivos implícitos e as reflexões pessoais relativas aos mesmos. Procurámos assim integrar o papel e as funções a que nos tínhamos proposto. Ou seja, para além da obtenção de conhecimentos relacionados com a organização e o funcionamento do Serviço onde se desenrolou o nosso estágio, também nos preocupámos em, sempre que possível, intervir nas várias relações do paciente com o meio hospitalar. As questões da relação do paciente com o seu próprio processo de estar doente foram igualmente objeto da nossa atenção. Como descrito no seguimento do nosso relatório e enquanto estagiários no serviço de neurocirurgia do Hospital de São José, procurámos, sempre que possível, apoiar pacientes e familiares dos mesmos que estivessem em relação com o serviço em que estagiámos. Esse apoio podia acontecer ao nível das urgências, onde pela própria natureza dos traumas se tornava mais complicado intervir. Podia ser enquanto o paciente aguardava por uma intervenção cirúrgica, devido ao medo e ansiedade sentido pelo mesmo. E por vezes no pós-cirúrgico onde, eventualmente, os doentes tomavam consciência das perdas sofridas, precisando de ser escutados. Houve alguns casos em que escutámos, simplesmente alguns familiares que se encontravam numa fase inicial de processo de luto decorrente de perda ou na iminência de uma perda pessoal significativa. Para um melhor entendimento do impacto de algumas destas situações na vida do paciente e/ou familiares do mesmo, procurámos intervir tomando sempre em conta a importância acrescida da situação imediata da pessoa e da sua circunstância de vida.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/399
Appears in Collections:DPS - Dissertações de Mestrado
BUAL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nuno Morais.pdf99.68 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.