Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/3988
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPires, Mónica-
dc.contributor.authorVentura, Inês-
dc.contributor.authorCarvalha, Inês-
dc.date.accessioned2018-12-19T16:42:10Z-
dc.date.available2018-12-19T16:42:10Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationVentura, I., Pires, M. & Carvalha (2018). Famílias Multiproblemáticas, Estilos parentais e interações diádicas: Análise de uma Intervenção pelo brincar. Abstracts from the 4º Congresso Ordem dos Psicólogos Portugueses The Psychologist: Practice & Research Journal, Supp 1(1), S32.por
dc.identifier.issn2184-3317-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11144/3988-
dc.description.abstractNo âmbito dos estudos de família, desenvolvemos o presente trabalho quantitativo, exploratório e longitudinal, que pretende descrever uma amostra clínica composta por nove díades, com crianças em idade pré-escolar, referenciadas pelos técnicos dos equipamentos de resposta à 1ª Infância de um bairro social de Lisboa. E avaliar uma intervenção diádica, mãe – criança, pelo brincar em três momentos (T0, T1 e T2). Inicialmente, realizámos uma entrevista semiestruturada, submetida a uma análise lexical, permitindo conhecer as características e história clínica das famílias, consideradas multiproblemáticas em risco. O DPICS, para a observação sistemática da interação diádica, em três situações gravadas, nomeadamente, o brincar livre, o brincar dirigido e a arrumação, nos três momentos de avaliação. E a aplicação do questionário PAQ-P, para conhecer os Estilos de Autoridade Parental percecionados, no início e no fim da avaliação. Verificámos que as características familiares aparentam estar relacionadas com alterações de vida e eventos de vulnerabilidade/violência e, consequentemente, na forma como é estabelecida a díade. Relativamente, à intervenção pelo contexto lúdico, constatamos a possibilidade surtir alterações na comunicação diádica, com o aumento da componente afetiva e reflexiva. Entre situações de interação, verificamos que a exigência esperada, diferencia na comunicação e nas ordens verbalizadas. Relativamente aos estilos parentais, é predominante o estilo autoritativo e autoritário. Assim sendo, o desenvolvimento deste trabalho mostra-se importante a nível preventivo e na estimulação de competências nestas famílias, para que seja fortalecido e enriquecido um funcionamento familiar saudável. Palavras-chave: , , Estilos parentais, Intervenção Diádicapor
dc.language.isoporpor
dc.publisherOrdem dos Psicólogospor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectFamílias multiproblemáticaspor
dc.subjectInteração MãeCriançapor
dc.subjectEstilos parentaispor
dc.titleFamílias Multiproblemáticas, Estilos Parentais e Interações Diádicas: Análise de uma Intervenção pelo Brincarpor
dc.typearticlepor
degois.publication.firstPage32por
degois.publication.lastPage32por
degois.publication.locationBragapor
degois.publication.titleAbstracts from the 4º Congresso Ordem dos Psicólogos Portugueses | PPRJ. Supplement 1(1), September 2018, S1-S293por
degois.publication.volume1,nº 1por
dc.peerreviewedyespor
Appears in Collections:CIP - Artigos/Papers



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.