Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/3808
Title: O impacto da solidão e da depressão na satisfação com a vida na população sénior: comparação entre pessoas institucionalizadas e não institucionalizadas
Authors: Barôa, Maria Clara Abílio
Orientador: Pedro, António Mendes
Keywords: População sénior
Institucionalização
Solidão
Depressão
Satisfação com a vida
Issue Date: 21-May-2018
Abstract: O presente estudo tem como objetivo avaliar o impacto da solidão e da depressão na satisfação com a vida da população sénior institucionalizada e não institucionalizada e verificar de que forma o processo de institucionalização interfere nas variáveis referidas. A amostra conta com um total de 100 indivíduos, com idades compreendidas entre os 65 e os 105 anos (M = 80.89; DP = 7.95), dos quais 50 se encontram institucionalizados e 50 não institucionalizados. Para a recolha de dados foram utilizados os seguintes questionários: Escala de Depressão Geriátrica (GDS-15), Escala de Solidão da UCLA, Escala de Satisfação com a Vida (SWLS) e um questionário composto por dados de caracterização sociodemográfica destinado à caracterização da amostra. Os resultados obtidos revelam que os idosos institucionalizados se encontram mais satisfeitos com a vida e menos solitários do que aqueles que não estão institucionalizados, mas sentem-se mais deprimidos. Constatou-se, ainda, que a Depressão é a variável com maior impacto negativo na Satisfação com a vida, independentemente de os idosos estarem institucionalizados ou não.
URI: http://hdl.handle.net/11144/3808
Appears in Collections:DPS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese PDF Abril 2018.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.