Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/3579
Title: Comportamento textual e discriminação de identidades articulatórias: desempenho diferenciado em aprendentes de Português Língua Segunda
Other Titles: Textual behaviour and articulatory features discrimination: differentiated achievement in portuguese second language learners
Authors: Figueiredo, Sandra
Silva, Carlos Fernandes da
Keywords: verbal behaviour
learning
assessment
discrimination
plasticity
comportamento verbal
aprendizagem
avaliação
discriminação
plasticidade
Issue Date: 2009
Publisher: Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica
Citation: Figueiredo, Sandra Deolinda Andrade de Bastos; Carlos Fernandes da Silva. Comportamento textual e discriminação de identidades articulatórias: desempenho diferenciado em aprendentes de Português Língua Segunda, Revista Avaliação Psicológica, 8, 3, 289-301, 2009.
Abstract: De acordo com a teoria do período crítico para a aquisição de linguagem, o sujeito criança (aprendente de Língua Segunda) apresenta um repertório de produção fonética próximo do padrão nativo o que viabilizará uma positiva percepção dos fones estrangeiros e melhor inteligibilidade de discurso em relação aos participantes mais velhos. Método: Foi desenvolvida uma bateria de testes em formato electrónico com objectivo de avaliar os comportamentos fonéticos de 61 aprendentes (amostra dos casos) de Português como Língua Segunda (L2). Por um lado, analisou-se a presença de sotaque ou produção de acordo com padrão fonético nativo; por outro lado, observou-se a relação desse comportamento fonético (com ou sem acento) com a identificação de fonemas em Português de acordo com o ponto de articulação, argumentando sobre a relação (probabilidade de produção viabilizar percepção) antes sugerida. Resultados e Discussão: Serão discutidos resultados especificamente relacionados com a percepção e produção fonéticas dos aprendentes de L2, em testes operacionais para o efeito. Os participantes mais novos exibem uma leitura sem sotaque, ao passo que sujeitos mais velhos evidenciam pronúncia enviesada pela fonética materna. Por outro lado, são estes últimos participantes que revelam melhor performance na percepção de traços articulatórios de fones.
According to the theory of critical period for the language acquisition, the child (Second Language Learner) presents a repertoire of phonetic production "near-native" which enables a positive perception of foreign phones and better speech intelligibility than in the older participants. Method: We developed a tests battery in an electronic format for assessing the phonetic behaviours of 61 Portuguese second language learners (L2; sample of cases). In one hand, it was analysed the presence of foreign accent or speech production according to native pattern; in the other hand, it was observed the relationship of that phonetic behaviour (with or without accent) with the phoneme identification (in Portuguese) according to the articulatory point, arguing about the relationship previously stated. Results and Discussion: Results will be discussed specifically related to the perception and production of phonetic of L2 learners in operational tests. The younger participants exhibited reading without a foreign accent, while the older subjects showed pronunciation biased by maternal accent. Moreover, these last participants show better performance in the perception of articulatory features of phones.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/3579
ISSN: 1677-0471
Appears in Collections:CIP - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Revista_Avaliação_Psicológica.pdf623.64 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.