Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11144/3384
Título: Reconexão. SINES: uma ligação ao mar
Autor: Pegurri, Michela
Orientador: Mateus, Francisco Aires Professor
Moreno, Joaquim
Palavras-chave: esvaziamento
naturalização
enchimento
svuotamento
naturalizzazione
riempimento
Data: 7-Nov-2017
Resumo: A intenção deste projeto é intervir num espaço que, devido às profundas transformações que sofreu, tornou-se um enorme vazio inabitado na cidade de Sines. Esta tese nasce de um confronto pessoal e emocional com a pedreira de Sines. O projeto desenvolve-se com uma intenção precisa e simples, contrária à tendência de superlotação de elementos no espaço, uma arquitetura elementar e pura, com a intensão única de criar novas interações. A perda da relação com a natureza, num contexto em que a realidade industrial toma precedência, é restaurada com um projeto que se insere napedreira de Monte Chãos,ligando-a ao mar através de um canal gerando um novo cenário: uma piscina oceânica. O fio condutor é a presença majestosa da natureza que, na história do lugar, tem sido de primeira importância, manifestando-se com seus elementos e seres vivos, estudando-a nas relações que esta tem com o ser humano e com a arquitetura. Pretende-se deste modo agir conscientemente em relação ao ambiente natural através da arquitetura e dar ao homem um novo espaço que ele possa contemplar na sua beleza, onde pode interagir livremente e viver.
L’intenzione di questa progetto è intervenire in uno spazio che, a causa delle profonde trasformazioni subite, è diventato un enorme vuoto inabitato nella città di Sines. Questa tesi nasce da un confronto personale ed emotivo con la cava di Sines. Il progetto si sviluppa con un’intenzione precisa e semplice, contraria alla tendenza di sovraffollamento di elementi, un’architettura di forme elementari e pure, con la volontà unica di creare nuove interazioni e legami. La relazione persa con la natura, in un contesto in cui la realtà industriale prende precedenza, è ristabilita con un progetto che si inserisce nella cava pedreira di Monte Chãos, connettendola al mare attraverso un canale che porta all’interno un nuovo scenario: una piscina oceanica. Il filo conduttore è la presenza maestosa della natura che nella storia del luogo ha avuto una posizione di primaria importanza, che si manifesta con i suoi elementi e con i suoi protagonisti viventi, studiata nelle relazioni che intesse con l’essere umano e con l’architettura. L’intenzione del progetto è quella di agire consapevolmente rispetto all’ambiente naturale attraverso l’architettura, e dare all’uomo un nuovo spazio che può contemplare nella sua bellezza, in cui può interagire liberamente, in cui può vivere
URI: http://hdl.handle.net/11144/3384
Aparece nas colecções:DA - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Michela Pegurri_TESE DE MESTRADO.pdf334.25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.