Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2986
Title: O Barão de Rendufe e o liberalismo oitocentista: o político e o diplomata, 1820-1848
Authors: Damas, Carlos Alberto de Oliveira
Orientador: Mendes, José Maria Amado
Tomé, Luís
Keywords: Século XIX
liberalismo
diplomacia
relações internacionais
história biográfica
Prússia
Espanha
França
Issue Date: 1-Mar-2017
Abstract: A tese centra-se na biografia histórica de Simão da Silva Ferraz de Lima e Castro que de 1821 a 1841, em Lisboa, exerceu os cargos de Corregedor, Intendente Geral da Polícia e do Reino, Deputado e Senador e, entre 1842 e 1848, o de Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Berlim, Madrid e Paris. Esta história biográfica reconstitui, contextualiza e problematiza a atividade individual de um agente do Estado exercida numa dinâmica de transição do regime absolutista para o constitucionalista, identificando o papel determinante das suas ações e relacionando-as com as estratégias política, económica e geográfica de um país da periferia da Europa. Na reconstituição do percurso profissional do biografado escrutina-se a sua visão do mundo na época e a compreensão do papel que desempenhou no elemento político do tempo. Seguindo um modelo de intervenção adequado para realçar os factos mais significativos que emergem do cruzamento da documentação dos arquivos dos Negócios Estrangeiros da Prússia, de Espanha e de Portugal e dos copiadores de correspondência do Barão de Rendufe, a análise foi acompanhada pelo estudo do sistema político, das instituições, dos partidos e das personagens que habitam os fenómenos, contextualizando os factos na intenção de questionar as regularidades tendenciais detetadas nas diversas missões. Contextualizados os eventos mais relevantes para a compreensão do processo social e político desenvolvido em contextos determinados ou influenciados pelas conjunturas políticas, económicas, sociais, culturais e financeiras, nacionais e internacionais, os resultados da investigação permitem concluir da importância do estudo das atividades individuais que, analisadas numa perspetiva de microhistória, contribuem para uma visão mais objetiva dos acontecimentos históricos.
URI: http://hdl.handle.net/11144/2986
Appears in Collections:DH - Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.