Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2983
Title: Meditare: caminho
Authors: Castro, Teresa Nascimento Ferreira Albuquerque e
Orientador: Mateus, Francisco Aires
Moreno, Joaquim
Keywords: Arquitectura
Abrigo
Meditação
Issue Date: 5-Jul-2016
Abstract: Meditare, em latim, significa voltar-se para o centro, desli- gar-se do mundo exterior, voltar a atenção para dentro de si. Meditar tem origem em ‘volta ao centro. meio.’ Criar um espaço de meditação implica uma reflexão sobre a experiência do corpo no espaço físico e sensorial. Os espaços e lugares que funcionam como uma ruptura do tempo real e sugerem uma outra temporalidade, primitiva, pura e sensível ao ambiente natural, despertam percepções do espaço, tempo e individualidade, que inspiram reflexões e sensações favoráveis ao que transcende. A procura por paisagens remotas, refúgios distantes, longe das urbes, provocam o escape. Imersões para o exterior, no (eu) interior. Afastam-nos de uma representação presa à realidade e transportam-nos para um campo mais lírico, subjectivo e romântico. A essência da arquitectura permite consciência corporal e espacial, condição que contribui para o processo natural e contínuo de conhecimento e questionamento do ser huma- no e da sua existência. Através da compreensão e revelação da paisagem, do lu- gar e das suas transições, surge um espaço, para meditar, caminhar. Um abrigo de meditação e movimento. Uma união concêntrica do corpo, mente e espaço -natural ou construído.
URI: http://hdl.handle.net/11144/2983
Appears in Collections:DA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tesefile.pdf123.48 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.