Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2956
Title: Coligações “de vontade” no domínio da segurança
Authors: Tomé, LuÍs
Keywords: Política internacional
Multilateralismo
Issue Date: 2016
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Há muito que o ‘multilateralismo’ na política internacional se expressa também através de coligações ad hoc, definidas caso a caso por aqueles que partilham interesses e objectivos comuns. Porém, foi no início dos anos 1990 que mais se começou a debater a possibilidade de um certo tipo de “coligações de vontade”, sobretudo considerando alternativas às complicações inerentes às missões de paz das Nações Unidas e, por outro lado, a propósito de uma possível campanha dos EUA contra a Coreia do Norte. A ideia e o termo seriam posteriormente aplicados à INTERFET em Timor-Leste, força multinacional organizada e liderada pela Austrá- lia de acordo com as Resoluções da ONU para atenuar a crise humanitária e de segurança que atingiu Timor-Leste no período de autodeterminação 1999-2002 até à implementação da missão de Peacekeeping da ONU.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2956
ISSN: 2183-4814
Publisher version: http://janusonline.pt/images/anuario2015/3.4_LuisTome_ColigacoesVontade.pdf
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2015-2016 - Integração regional e multilateralismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3.4_LuisTome_ColigacoesVontade.pdf194.76 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.