Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2890
Title: Os “senhores da guerra” e as crianças-soldado
Authors: Lourenço, Ana Paula
Keywords: Relações internacionais
Guerra
Issue Date: 2014
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Considera-se criança-soldado todo o menor de 18 anos que participe em conflitos armados, internacionais ou não, integrando forças regulares ou irregulares, directa ou indirectamente, não sendo assim necessário que use armas, incluindo-se nesta categoria as crianças que prestam apoio logístico ou de outra índole, incluindo cozinheiros, transportadores, mensageiros, escravos sexuais ou outras. A comunidade internacional tem-se empenhado, desde meados do século XX, no combate ao recrutamento obrigatório para as Forças Armadas pelos Estados, na participação de menores de 18 anos em hostilidades e, mais veementemente, na sua participa- ção directa. Para tal, têm vindo a ser ratificados inúmeros instrumentos internacionais, regionais e locais. Não obstante, a participação de menores daquela idade em conflitos não é absolutamente proibida, dependendo de vários factores (ver “Normativos internacionais”).
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2890
ISBN: 978-989-8191-62-5
Publisher version: http://janusonline.pt/images/anuario2014/3.21_AnaPLourenco_GuerraCriancasSoldado.pdf
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2014 - Metamorfoses da violência (1914-2014)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3.21_AnaPLourenco_GuerraCriancasSoldado.pdf812.29 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.