Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2735
Title: Criatividade nas organizações: ou como sobreviver num mundo em constante mutação.
Other Titles: Creativity in organizations: or how to survive in a changing world.
Authors: Ribeiro, Maria Luisa Marques Peralta
Keywords: criatividade
organizações
trabalho
empowerment
multiculturalidade
expatriação
creativity
organizations
work
empowerment
multiculturalism
expatriation
Issue Date: 2016
Publisher: EDIUAL
Abstract: A criatividade organizacional é uma forma de sobreviver e de obter vantagens competitivas num mundo global. Neste contexto, a capacidade de comunicar e trabalhar com diversas culturas de forma competente torna-se essencial para o sucesso pessoal e organizacional. Se algumas características individuais parecem facilitar a criatividade, tornando alguns indivíduos naturalmente mais aptos para obter mais ou melhores resultados criativos, não devemos esquecer que a equipa (incluindo o líder) e a própria organização podem oferecer condições fundamentais para que a criatividade no trabalho seja maximizada. Não focando apenas um único nível de promo- ção da criatividade, este artigo apresenta fatores individuais, organizacionais e culturais, que combinados podem facilitar o trabalho criativo. Este permitirá encontrar novas soluções para desafios anteriormente inexistentes, de forma adequada aos atualmente crescentes contextos de internacionalização e expatriação. As características e condições referenciadas podem servir como base de trabalho para políticas de gestão de recursos humanos que possam efetivamente fomentar a criatividade nas organizações. Dentre as apresentadas, destacamos pela sua pertinência quer no campo da criatividade quer no da integração em ambientes multiculturais, a abertura à experiência, o apoio e cooperação do grupo e do líder, e a necessidade de políticas organizacionais no apoio à criatividade, multiculturalidade e expatriação.
Organizational creativity is a way to survive and gain competitive advantage in a global world. In such a context, the ability to skilfully interact, communicate and work with several cultures is essential for success, whether we consider it on a personal or organizational level. Even considering that some individual characteristics seem to facilitate creativity, thus rendering those individuals more apt for creative results, we should not forget that the team (including the leader) and the organization itself can offer essential conditions so that creativity at work be maximised for any worker. By not focusing on a single level of creativity promotion, this article presents individual, group, organizational and cultural factors that can be combined in order to facilitate creative outcomes. These will allow for finding new solutions for previously non-existing challenges, adequately suited to growing international and expatriation contexts. The mentioned characteristics and conditions can be used as a work basis for human resources management policies that will effectively promote organizational creativity. Among the presented factors, we highlight the pertinence for both creativity and multicultural environments integration of openness to experience, leader and team support and cooperation, and the need for organizational policies fostering creativity, multiculturalism and expatriation.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/11144/2735
ISSN: 2183-4806
Publisher version: http://journals.ual.pt/psique/wp-content/uploads/2016/06/Vol-XII-4-Criatividade-nas-Organiza%C3%A7%C3%B5es-ou-como-sobreviver-num-mundo-em-constante-muta%C3%A7%C3%A3o.pdf
Appears in Collections:EDIUAL - PSIQUE. Vol. 12 (2016)



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.