Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2667
Title: Escala de auto eficácia parental: validação e estudos metodológicos
Authors: Brites, Rute
Nunes, Odete
Martins, Maria Helena
Keywords: Parentalidade
Auto-eficácia
Validação
Mães
Pais
Issue Date: Jul-2011
Publisher: Sociedade Portuguesa de Psicologia
Citation: Brites, Rute Sofia Ribeiro; Odete Nunes; Maria Helena Martins. Escala de auto eficácia parental: validação e estudos metodológicos. In Actas do VIII Congresso Iberoamericano de Avaliação/ XV Conferência Internacional de Avaliação Psicológica: Formas e Contextos, Lisboa, 2011.
Abstract: Partindo dos estudos iniciais de validação duma Escala de Auto-Eficácia Parental aprofundámos a investigação, no sentido de confirmar as propriedades psicométricas observadas. Após a validação preliminar, descrita por Brites e Nunes (2010), aplicámos a escala a uma amostra de 312 mães/ pais de crianças dos 3 aos 14 anos. Após a verificação da adequação dos dados, procedemos à ACP com rotação Varimax dos itens, extraindo-se uma solução de dois factores que, no conjunto, explicam 44.36% da variância. A análise por factor revela uma diferenciação clara entre itens de significado negativo e positivo, justificando a execução duma nova ACP sobre cada um. Obtivemos, por fim, uma solução de quatro factores. A necessidade de reduzir o número de itens por factor conduziu à determinação das correlações inter-item, tendo-se retirado aqueles com menores valores. A versão final da escala contém, assim, 44 itens. No âmbito da fidelidade, calculámos a consistência interna da escala e dos quatro factores, tendo obtido valores satisfatórios de alpha de Cronbach. Com base em estudos anteriores sobre as formas de cotação dos itens negativos explorámos duas alternativas: a cotação pela inversão dos itens de significado negativo, e pela diferença entre o somatório dos itens positivos e negativos. Os resultados indicam que a última forma providencia informações qualitativas consideráveis sobre o processo subjacente às respostas. Finalmente, no âmbito da padronização foram determinados os valores de referência de amostra. Os valores obtidos atestam as propriedades psicométricas da escala.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2667
ISSN: 978-989-0-2702
Appears in Collections:CIP - Comunicações em conferências
BUAL - Comunicações em conferências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Brites, Nunes &Martins 2011 Lx.pdf554.78 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.