Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2344
Title: Património subaquático: “Quando o mar se torna transparente”
Authors: Martins, Adolfo Silveira
Issue Date: 1998
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Os portugueses, através da sua experiência de mar, de conhecimento secular, empreendem progressivamente a partir de D. João I a habilidade da navegação num mar largo. À Europa, que tão bem conhecia um Atlântico costeiro e um Mediterrâneo bonançoso, perspectivava-se a curto prazo não só o conhecimento de outros continentes como a primeira noção da globalidade do mundo. Portugal começou por estabelecer a ligação entre o Mediterrâneo ocidental e o Atlântico que progressivamente se vai abrindo a todos os oceanos pela conjugação do empenho das nações ibéricas. Com D. João II chega-se ao Atlântico Sul, com D. Manuel abrem-se as portas do Índico, com os Reis Católicos o Novo Mundo.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2344
ISBN: 972-8179-22-7
Publisher version: http://janusonline.pt/1998/1998_6_11.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 1998 - Relações com as grandes regiões do mundo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus98_6_11.doc153.5 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.