Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2303
Title: Indústrias de Defesa
Authors: Silva, António Mateus da
Antunes, Carlos
Issue Date: 1998
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Apesar da crescente aposta na participação portuguesa em projectos multinacionais no âmbito da indústria de Defesa, tanto no seio da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) — Conferência dos Directores Nacionais de Armamento —, como da União da Europa Ocidental (UEO) — Grupo de Armamento da UEO —, torna-se urgente repensar toda a estrutura deste sector industrial em Portugal, sobretudo redefinindo o papel do Estado. Parece acertado afirmar que a manutenção de uma indústria de Defesa nacional credível e tecnologicamente competitiva, continua a ser essencial para um país, quer pelo facto de ela permitir a manutenção de alguma independência e auto-suficiência numa área tão sensível como a militar, quer por estas indústrias se revelarem excelentes pólos de desenvolvimento tecnológico, sobretudo quando interagem com o tecido industrial civil e com a comunidade académica.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2303
ISBN: 972-8129-27-8
Publisher version: http://janusonline.pt/1998fa/1998fa_2_11.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 1998: Suplemento - As Forças Armadas Portuguesas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus1998FA_2_11.doc354.5 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.