Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2292
Title: F.A. portuguesas: funções e transições
Authors: Observatório de Relações Exteriores
Issue Date: 1998
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Em menos de um quarto de século, as Forças Armadas portuguesas passaram por duas transições de fundo. Nos meados dos anos 70, o fim da guerra colonial levou à reconversão dos exércitos de terra, mar e ar. Não foi apenas um redimensionamento traduzido na drástica redução de efectivos, como ainda o retorno a uma colocação sobretudo atlantista, virada para o "teatro" europeu, no contexto bipolar da vida internacional de então. Exemplos flagrantes dessa reconversão foram a Brigada Mista Independente de Santa Margarida – directamente afectada aos comandos NATO e perspectivada para intervir no Norte de Itália em caso de agressão ao Ocidente por parte do campo socialista – e as novas fragatas Meko, preparadas prioritariamente para a guerra contra os submarinos do Pacto da Varsóvia no Atlântico.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2292
ISBN: 972-8129-27-8
Publisher version: http://janusonline.pt/1998fa/1998fa_2_0.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 1998: Suplemento - As Forças Armadas Portuguesas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus1998FA_2_0.doc140.5 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.