Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/2044
Title: Portugal e a Primeira Guerra Mundial
Authors: Fraga, Luís Alves de
Issue Date: 2000
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: A participação de Portugal na 1.ª Guerra Mundial não foi uma consequência imediata da aliança luso-británica e não ocorreu no início do conflito, antes pelo contrário: o Governo de Londres solicitou, logo em Agosto de 1914, que Lisboa se declarasse «não beligerante e não neutral». Assim, pode afirmar-se hoje, com toda a segurança, que a declaração de guerra da Alemanha a Portugal, em 9 de Março de 1916, resultou essencialmente de uma manobra da diplomacia portuguesa para servir simultaneamente objectivos nacionais de ordem externa e interna. Quanto aos primeiros, podemos identificar: a necessidade de garantir a manutenção dos territórios ultramarinos, em especial os africanos; o desejo de assegurar a independência na Península Ibérica; a intenção de reduzir a dependência político-diplomática relativamente à Inglaterra. Quanto aos segundos, reconhece-se: a necessidade de, por um lado, gerar coesão nacional e consolidar o regime republicano recentemente proclamado e, por outro, limitar, dentro do possível, a crise económica, em especial alimentar, conseguindo, até, um aumento da produção e exportação de certos produtos.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/2044
ISBN: 972-8179-30-8
Publisher version: http://janusonline.pt/1999_2000/1999_2000_1_32.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 1999-2000 - Dinâmicas e tendências das relações externas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus9900_1_32.doc393 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.