Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1787
Title: As Nações Unidas e a questão palestiniana
Authors: Teles, Patrícia Galvão
Issue Date: 2003
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: O direito à autodeterminação do povo palestiniano é actualmente reconhecido pelas Nações Unidas, apesar de o processo de tratamento da questão palestiniana ter sido progressivo. O direito à autodeterminação é reconhecido em 1970, apesar da anterior resolução do Conselho de Segurança sobre a Palestina, considerada fulcral, (1967) nada referir sobre esta matéria. A ONU nunca explicitou contudo a forma que a autodeterminação deveria assumir (autonomia, independência ou integração), tendo-se realizado vários acordos relativos a esta questão à margem do sistema das Nações Unidas.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1787
ISBN: 972-8197-47-2
Publisher version: http://janusonline.pt/2003/2003_2_4_14.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2003 - A convulsão internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2003_2_4_14.doc162.5 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.