Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1355
Title: Ensino superior britânico: tradição e (r)evolução
Authors: Amorim, Fernando
Issue Date: 2006
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: As raízes do surgimento dos processos de avaliação no interior do mundo universitário, tradicional reduto da liberdade de pensamento e de organização, sempre bem protegido de ingerências externas, extravasam os limites das fronteiras nacionais dos Estados e devem ser buscadas na generalizada explosão e massificação do ensino superior – Martin Trow (1974), do Centro de Estudos do Ensino Superior da Universidade da Califórnia-Berkeley, propôs como característica definidora desse fenómeno a taxa de 15% da população entre 18 e 24 anos matriculada no ensino superior – e numa reconfiguração de relações no triângulo de poderes formado pela universidade, o Estado e a sociedade em geral (Burton Clark, 1983), que conduziu à inclusão na agenda dos debates sobre o ensino superior de temas correlacionados, como os da expansão, diversificação, descentralização, autonomia, financiamento, mercado e competição internacional, de que o “Processo de Bolonha” é uma das últimas declinações.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1355
ISBN: 989-619-020-8
Publisher version: http://janusonline.pt/2006/2006_2_1_2.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2006 - A nova diplomacia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2006_2_1_2.doc165 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.