Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1278
Title: Cristologia latino-americana e Teologia da Libertação
Authors: Amorim, Fernando
Issue Date: 2007
Publisher: http://janusonline.pt/2007/2007_4_3_12.html
Abstract: A Teologia da Libertação é um movimento de pensamento político e religioso da Igreja Católica nascido em 1972, no rescaldo do concílio Vaticano II (1962-1965) e da Conferência de Medellin (Colômbia, Agosto de 1968) em que 150 bispos católicos, em representação de mais de 600, se reuniram para empreender a tarefa de aplicar as conclusões daquele concílio na América Latina. Dando ênfase à situação social e humana das populações desfavorecidas vítimas da injustiça social, a Teologia da Libertação propunha-se renovar, no amor a Deus, os laços da tradição cristã de solidariedade e de libertação dos oprimidos (especialmente as vítimas da opressão económica e social), sustentada na interpretação das Escrituras à luz daqueles princípios, pelo que esta sua concepção de religião cedo foi criticada e rejeitada pelo Vaticano e por várias igrejas protestantes (embora a Igreja Luterana a tenha adoptado), que a consideram excessivamente politizada e, no que é uma simplificação errónea, demasiado próxima ou associada ao marxismo.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1278
ISBN: 989-619-094-1
Publisher version: http://janusonline.pt/2007/2007_4_3_12.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2007 - Religiões e política mundial

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2007_4_3_12.doc177 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.