Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1159
Title: A querela entre cultura e civilização
Authors: Mendes, João Maria
Keywords: Sociedade
Issue Date: 2009
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Em 1914, Thomas Mann, que sempre se considerou um burguês de cultura» e quis fazer da sua vida uma «imitação de Goethe», escrevia na Neue Rundschau um texto que hoje lemos à luz da sua propensão para ser «demasiado alemão»: «Civilização e cultura são contrários, constituem uma das diversas manifestações da eterna contradição cósmica e do jogo oposto do Espírito e da Natureza. Ninguém contestará que o México tinha uma cultura no tempo da sua descoberta, mas ninguém pretenderá que era civilizado. A cultura não é, decerto, o oposto da barbárie. Muitas vezes, pelo contrário, ela não é senão uma selvajaria em grande estilo; entre os povos da Antiguidade, talvez os únicos civilizados fossem os Chineses.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1159
ISBN: 978-989-619-176-4
Publisher version: http://janusonline.pt/2009/2009_3_1_2.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2009 - Aliança de civilizações: um caminho possível?

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2009_3_1_2.doc229.5 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.