Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1148
Title: A UNESCO e o primado culturalista do diálogo de civilizações
Authors: Amorim, Fernando
Keywords: Sociedade
Issue Date: 2009
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: O dealbar do século XXI trouxe consigo a percepção, em muitos casos consciente, noutros apenas pressentida, do fim do mito dos Estados-Nação perfeitos, com a consequente emergência de movimentos colectivos de reacção às tendências centrípetas, unificadoras e uniformadoras daqueles. A consciência do Nós e do Outro civilizacional, que tradicionalmente marcava a fronteira não apenas geográfica mas também identitária, histórica e cultural de um país que se buscava consagrar como Estado-Nação, justaposto a uma particular comunidade histórica de cultura , deu lugar a uma outra percepção de que, num mundo cada vez mais global, as fronteiras tendem a diluir-se, assistindo-se a uma verdadeira evasão vertical de especificidades históricas, culturais, religiosas, linguísticas e mesmo políticas.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1148
ISBN: 978-989-619-176-4
Publisher version: http://janusonline.pt/2009/2009_3_1_8.html
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2009 - Aliança de civilizações: um caminho possível?

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
artigo_janus2009_3_1_8.doc230.5 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.