Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1051
Title: Os «guardiões da paz» em África
Authors: Menezes, António Pedro de
Issue Date: 2010
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: O empenhamento da União Africana (UA) na criação de uma força militar – Standby Force (SBF) – que garanta o cumprimento das suas responsabilidades no âmbito das Operações de Apoio à Paz (OAP), ou de outras intervenções militares, demonstra claramente as intenções desta Organização Internacional (OI), bem patente na expressão de Jim Fisher-Thompson “Africans make the best peacekeepers for Africa…” (2007). Até um passado recente, falar em Operações de Apoio à Paz (OAP) conduzidas por forças africanas era uma verdadeira miragem. A situação securitária no interior da maioria dos Estados africanos não permitia que os mesmos tivessem uma capacidade militar sufi cientemente efi caz, que se objectivasse de forma coerente e credível para o cumprimento desta tipologia de operações. Actualmente, os esforços promovidos por Estados e por OI, no desenvolvimento de capacidades no quadro das OAP, demonstram de forma clara a inversão daquela que foi a realidade até ao fi nal do séc. XX.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1051
ISBN: 978-989-619-202-0
Publisher version: Os «guardiões da paz» em África
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2010 - Meio século de independências africanas
BUAL - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Os «guardiões da paz» em África.pdf86.48 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.