Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1044
Title: Fragilidade do Estado em África
Authors: Ferreira, Patrícia Magalhães
Issue Date: 2010
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: O conceito de “Estado frágil” abrange uma multiplicidade de situações, muito diversas e difi cilmente comparáveis: desde países que possuem índices de desenvolvimento baixos e estruturas estatais fracas (como a Nigéria ou Timor-Leste), países que estão numa situação de confl ito (Sudão ou República Democrática do Congo) ou de pós-confl ito (Serra Leoa, Libéria), países que têm uma identidade nacional forte e capacidade de projecção regional mas são ainda incapazes de satisfazer as necessidades básicas das populações (como Angola), países que se negam a cumprir os compromissos de segurança e desenvolvimento para com os seus povos (como o Zimbábue), até situações mais extremas em que se verifi ca um colapso das estruturas estatais (como a Somália). Isto signifi ca que existe também um espectro alargado de variação, desde a fragilidade dos Estado até ao colapso ou falhanço do mesmo. O conceito é, por isso, multifacetado, fl uido e com pouca utilidade quando se trata de formular estratégias de intervenção externa, de ajuda ao desenvolvimento ou de resolução de confl itos, uma vez que estas terão necessariamente de ser baseadas nas causas, problemas e dinâmicas específi cas de cada país.
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1044
ISBN: 978-989-619-202-0
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2010 - Meio século de independências africanas
BUAL - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fragilidade do Estado em África.pdf91.14 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.