Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11144/1031
Title: Pan-africanismo intelectual: a utopia possível(?)
Authors: Amorim, Fernando
Issue Date: 2010
Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
Abstract: Depois do Pan-africanismo rácico e do Pan-africanismo político, lugar de destaque no Pan-africanismo cabe ao Panafricanismo intelectual, embora sem nunca se ter traduzido em etapa distinta neste movimento. Esta corrente teve como precursores J. Price-Mars e R. Maran e, mais tarde, encontrou em Léopold Senghor (Senegal), em Aimé Césaire (Martinica) autor de Cahier d’un retour au pays natal, que tanto contribuiu para chamar a atenção sobre a diáspora negro-africana e que lhe cunhou o termo Negritude e no fi lósofo Jean-Paul Sartre (França) os seus defensores maiores. Conceptualmente o Pan-africanismo intelectual ou Negritude assenta no princípio de que as civilizações africanas foram adulteradas pela colonização branca, pelo que só poderiam recompor-se pondo termo a esta e reencontrando-se consigo próprias mediante um retorno às origens e pela exaltação dos seus tradicionais valores culturais e étnicos (Gonçalves, 1986: 626-632).
Peer reviewed: no
URI: http://hdl.handle.net/11144/1031
ISBN: 978-989-619-202-0
Publisher version: http://janusonline.pt/popups2010/2010_3_1_3.pdf
Appears in Collections:OBSERVARE - JANUS 2010 - Meio século de independências africanas
BUAL - Artigos/Papers

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pan africanismo intelectual.pdf77.27 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.